O seu Dicionário Jurídico Online

Análise SWOT

A Análise SWOT trata-se de um processo de gestão estratégica para melhorar o progresso das organizações, sendo uma este um dos mais importantes e conhecidos instrumentos de melhoria contínua no processo de crescimento e desenvolvimento da empresa. No Brasil, o instrumento também é conhecido como Matriz FOFA.

Já tratamos aqui no dicionário direito sobre os temas Ciclo PDCA, compliancebenchmarkingbrainstorming5W2H. Veremos hoje o que é Análise SWOT, significado, para que serve, e qual a sua estrutura.

Análise SWOT Significado

O significado da sigla SWOT vem da língua inglesa, e é composta pelas palavras Strengths (forças), Weaknesses (fraquezas), Oportunities (oportunidades) e Threats (ameaças). A mesma é considerada prescritiva, ou seja, pode ser usada em qualquer tipo de organização.

Para que Serve e Qual o Objetivo da Análise SWOT?

Trata-se de um método empregado dentro das organizações para identificar o cenário da mesma, ou seja, o contexto no qual ela está inserida. Bastante conhecida devido à sua facilidade de aplicação, seu objetivo é alcançar melhorias através de um planejamento estratégico.

Estrutura

A ferramenta possui uma estrutura apropriada para seu desenvolvimento. Para aplicá-la, é preciso que o processo seja dividido em ambiente externo (fatores que a empresa não possui o controle) e ambiente interno (fatores que a empresa possui o controle).

  • Ambiente Externo: dentro do ambiente externo, deve-se fazer um levantamento de todas as oportunidades e ameaças que a organização possui. As oportunidades são todos os fatores externos que a favorecem, enquanto as ameaças são os fatores que não a favorecem. Exemplo: para um vendedor de sorvete, o clima é um fator que interfere em seu processo, pois em tempos quentes é visto como uma oportunidade, e em épocas frias é considerado uma ameaça.
  • Ambiente Interno: dentro desse ambiente são pontuadas as forças e as fraquezas da organização. As forças são todas as vantagens internas que ela possui para se destacar em relação a concorrência. Já as fraquezas são os fatores de desvantagens internos da empresa em relação a concorrência. Utilizando o mesmo exemplo do vendedor de sorvete, é possível pontuar como força a qualidade de seu produto e a localização de sua loja, e como fraqueza o atendimento e valor do produto.

Não é viável que uma organização copie a análise SWOT de outra, já cada uma delas possui um processo diferente, e o que é força para uma pode ser fraqueza para outra.

Com isso, é preciso que esse procedimento seja personalizado de acordo com as necessidades individuais.

Faça uma Pergunta ou Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.