O seu Dicionário Jurídico Online

Adjudicar

O termo adjudicar significa: realizar adjudicação; existência de decisão judicial que algo pertence a/ou/ se transfere para. Ou seja, concessão de posse ou propriedade de bens, móveis ou imóveis a outrem.

Aqui no dicionário direito já tratamos sobre oitiva, advogado gratuitoarrolamento de bens, e direito de preferência. Veremos agora o conceito de Adjudicar.

Adjudicar no Direito

Em aplicação jurídica o termo “adjudicar” diz respeito ao ato judicial em que declara-se ou estabelece-se que a propriedade está sendo transferida para um credor. Indivíduo este (credor) que não assumirá de imediato, com a adjudicação, todos os direitos referentes a qualquer alienação.

Trata-se de declarar de forma judicial que um bem ou parte deste bem pertence a alguém.

Para o Direito Administrativo: o termo adjudicação refere-se ao direito de realização de obras ao vencedor de uma licitação.

Para o Direito Imobiliário: o termo adjudicação diz respeito ao processo em que estabelece-se passa-se de um transmitente a um credor. Como exposto acima.

Quem pode requerer a adjudicação

O Novo CPC nos informa quem pode requerer a adjudicação:

  • o exequente;
  • o credor com garantia real;
  • os credores quirografários concorrentes que hajam penhorado o mesmo bem;
  • o cônjuge, descendentes ou ascendentes do executado;
  • o proprietário de bem indivisível do qual tenha sido penhorada fração ideal;
  • o titular de usufruto, uso, habitação, enfiteuse, direito de superfície, concessão de uso especial para fins de moradia ou concessão de direito real de uso;
  • o proprietário do terreno submetido às mesmas condições do titular do usufruto;
  • o potencial comprador, quando a penhora recair sobre bem em que exista promessa de compra e venda registrada;
  • o potencial vendedor, nas mesmas condições acima descritas para o potencial comprador.

Exemplos de adjudicação

Veremos abaixo alguns exemplos de adjudicação:

  • existência de um bem móvel em que foi registrada intenção de venda de um proprietário a um credor em específico;
  • adjudicação de bens penhorados como forma de pagamento ao credor no processo de execução por quantia certa contra devedor.

Faça uma Pergunta ou Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.