DRE na Contabilidade

A Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) é uma ferramenta utilizada no meio contábil visando identificar se uma organização obteve lucro ou prejuízo durante determinado período.

Vimos aqui no dicionário direito em outros artigos sobre DFC na ContabilidadeEPP – empresa de pequeno portesetor de recursos humanos, e setor administrativo. Trataremos agora sobre o que é DRE na contabilidade.

Essa demonstração geralmente é realizada anualmente, mas existem empresas que, conforme determinam as leis tributárias, precisam realizar essa apuração trimestralmente ou semestralmente.

De acordo com a Lei n° 6.404/1976, é preciso seguir uma estrutura específica na hora de realizar essa demonstração, contendo as informações indicadas abaixo:

  1. Receita bruta: são todos os produtos vendidos ou serviços prestados sem desconto de impostos, despesas e custos.
  2. Deduções: são todos os impostos cobrados nos produtos ou serviços.
  3. Receita líquida: é o resultado do valor final da receita bruta menos as deduções.
  4. Custos da mercadoria vendida: é o valor gasto no produto ou serviço levando em conta o valor de todo estoque. Serve para descobrir quanto foi investido o qual o verdadeiro retorno para a empresa.
  5. Lucro bruto: é a diferença da receita bruta, com as deduções e o CMV (custos da mercadoria vendida).
  6. Despesas com vendas: são todos os valores gastos para aumentar as vendas, ou seja, todo investimento realizado na divulgação do produto.
  7. Despesas administrativas: todas as despesas necessárias para o bom funcionamento da empresa, tais como: água, energia, aluguel, IPTU, internet, folha de pagamento, matérias de escritório, materiais de limpeza, dentre outros.
  8. Despesas financeiras: são os encargos juros de atraso, despesas com contas bancárias.
  9. Resultado operacional líquido: é o valor do lucro bruto menos as despesas variáveis da organização.
  10. Resultado antes do Imposto de Renda e contribuição Social: receita bruta menos as despesas operacionais.
  11. Provisões Impostos de Renda e Contribuição Social: são os impostos provisionados sobre o lucro obtido pela empesa. O imposto de renda é tributado numa alíquota de 15% sobre esse lucro e a contribuição social 9%.
  12. Resultado líquido: depois de ter realizado a apuração de todas as despesas, custos e impostos, chegamos ao final a DRE, no qual é identificado todo o lucro e a despesa que a organização teve.

Faça uma Pergunta ou Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.