DFC – Demonstração do Fluxo de Caixa

A sigla DFC é uma abreviação para "Demonstração do Fluxo de Caixa”, uma apresentação financeira capaz de relatar toda as transações que ocorreram no caixa de uma empresa. O processo mostra de forma detalhada as entradas e saídas, por isso, deve estar presente no balanço patrimonial.

Tratamos também aqui no dicionário direito  sobre EPP – empresa de pequeno porte, setor de recursos humanos,setor administrativo. Trataremos agora sobre o que é DFC na contabilidade.

DFC Método Direto e DFC Método Indireto

A apuração do Fluxo de Caixa pode ser realizada por meio da DFC método direito e DFC método indireto.

Método Direto

No método direto, através de relatórios é possível apurar o fluxo de caixa dos dos valores recebidos e pagos sobre o caixa bruto da empresa.

Método Indireto

Já no caso do método indireto é utilizado o regime de competência para verificar as variações no caixa durante o período desejado.

Enquanto na DFC método direto são apurados os resultados brutos, enquanto na DFC método indireto são apurados os resultados líquidos da empresa.

Caixa Operacional, de Investimentos e de Financiamento

Devido ao grande número de diferentes transações que podem ser registradas, o fluxo é dividido em três partes para facilitar o processo de apuração da DFC.

São eles: fluxo de caixa operacional, fluxo de caixa de investimento e fluxo de caixa de financiamento.

  1. Fluxo de Caixa Operacional: todas as transações relacionadas com a parte operacional da empresa, tais como: salário dos colaboradores, pagamento dos fornecedores, conta de água, luz, internet, e tudo que é necessário para fazê-la funcionar normalmente.
  2. Fluxo de caixa de investimento: todas as transações relacionadas a investimentos, por exemplo: compra de imóvel, venda de patrimônio, renovação e venda de maquinários.
  3. Fluxo de caixa de financiamento: todas as transações relacionadas com o caixa, com relação a terceiros e sócios. Exemplo: divisão de lucros entre sócios, amortização de dívidas, pagamento de dividendos.

Quando realizada de forma correta e no tempo certo, a demonstração só traz benefícios para a organização, pois é através dela que a mesma obtém informações detalhadas e simplificadas sobre suas transações financeiras.

Além de ser um parâmetro para saber se ela está crescendo, com mais transparência fica mais fácil atrair novos investidores.

Faça uma Pergunta ou Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.