O seu Dicionário Jurídico Online

Raça e Etnia

Os termos raça e etnia são utilizados quando nos referimos a diferenças entre grupos humanos. Contudo, eles não são sinônimos, nem tampouco levam em conta os mesmos tipos de características. Neste artigo, vamos entender melhor do que se trata cada um e aprender a utilizá-los de maneira correta.

Vimos aqui no dicionário direito também sobre concurso e processo seletivo, faculdade e universidade, e igualdade e equidade. Hoje trataremos sobre as diferenças entre raça e etnia.

O que é Raça?

No senso comum, a raça é uma categorização feita com base nas caraterísticas biológicas ou genéticas de um indivíduo, tais como a cor de sua pele, sua altura, a cor de seus olhos, etc.

Cientificamente falando, não existem diferentes raças humanas assim como ocorre entre animais (cães gatos, bois, entre outros).

Isso ocorre porque a genética entre um ser humano e outro difere de maneira ínfima, não permitindo a criação de subgrupos.

O que é Etnia?

Além disso, é comum encontrar textos que se referem à raça como um fator sociológico, ou seja, que se baseia em sua cultura. Porém, esse é o conceito de etnia, que se pauta em fatores socioculturais para categorizar indivíduos.

Diferença entre Raça e Etnia

Por isso, indo contra o que vigora no senso comum, podemos dizer que é incorreto utilizar a palavra raça quando estamos falando, por exemplo, sobre os costumes, língua e tradições religiosas de um ser humano.

Neste caso, o correto é substituir por etnia, já que é ela que trata dessas diferenças sociológicas.

Somente devemos apontar raça em animais que apresentam características biológicas diferentes, e jamais em seres humanos, pois suas pequenas variações genéticas não permitem essa diferenciação.

Então, ao nos referirmos às características socioculturais de um grupo, devemos utilizar o termo etnia.

Faça uma Pergunta ou Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.