O seu Dicionário Jurídico Online

Misoginia

Misoginia é um termo utilizado para caracterizar o ódio contra mulheres, podendo ser manifestado por meio da agressão física, moral, sexual ou psicológica. Esse fenômeno tem origens que apontam para a mitologia grega, por meio da qual se pregava que os homens viviam em harmonia com Deus até o surgimento da primeira mulher, Pandora, que trouxe consigo todos os males existentes.

Em temas anteriores aqui no dicionário direito tratamos sobre temas como xenofobia, feminismo, ideologia, e racismo. Veremos neste artigo o significado de misoginia, como se forma e alguns tipos.

O indivíduo que pratica a misoginia é chamado de misógino.  São diversas as maneiras pelas quais esse preconceito sexista se manifesta, por exemplo:

  • Discriminação sexual: também conhecida como sexismo, está ligada à crença de que um gênero é superior ao outro. No caso da misoginia, as mulheres e meninas são vistas como menos capazes simplesmente por serem do gênero feminino.
  • Exclusão Social: é caracterizada pelo distanciamento de um ou mais indivíduos da vida social. Pode se manifestar na exclusão de mulheres de funções sociais como, por exemplo, a escolha de seus representantes.
  • Hostilidade: a hostilidade está relacionada um tratamento rude e agressivo em relação a quem se desaprova.

Misoginia é Crime?

misoginia é crime e já possui até legislação para tratar sobre o assunto. Sancionada em abril de 2018, a lei 13.642/18 atribui à Polícia Federal a responsabilidade pela investigação dos crimes cibernéticos de misoginia.

Desta forma, todo tipo de preconceito, ódio e demonstrações de desprezo por mulheres pela internet poderão ser denunciadas e averiguadas pela Polícia Federal.

A Lei 13.642/18 ficou conhecida como Lei Lola, sendo este nome atribuído em razão da blogueira Lola Aronovich, que desde 2008 vinha sofrendo ataques misóginos.

Misoginia e Machismo

Veremos agora as principais diferenças entre a Misoginia e Machismo. O termo misoginia ainda é bastante confundido com o machismo, porém existem diferenças entre os dois.

Características Misógino

Os misóginos costumam ser movidos por questões emocionais, por isso hostilizam, inferiorizam e desprezam as mulheres em diversas situações. Essa repulsa está ligada essencialmente ao ódio pelo que caracteriza o feminino.

Características Machismo

Os machistas enaltecem o masculino em relação ao feminino, mas, apesar de partir dessa ideia de superioridade de um gênero, não tem como base o ódio ao outro. O machista inferioriza as mulheres nos mais diversos âmbitos com base na crença de que homens são superiores, e não pela aversão às mesmas.

Consequências da Misoginia

Uma das consequências mais drásticas da misoginia é a violência contra a mulher. Ela pode ser separada em diversas categorias, incluindo o feminicídio, termo usado para designar assassinatos cometidos exclusivamente pelo fato de a vítima ser mulher.

Além disso, a violência contra a mulher também se manifesta das mais variadas maneiras e em muitos graus de gravidade, por exemplo: assédio sexual, casamento forçado, aborto forçado, mutilação genital, estupro, assédio mortal, violência doméstica, tráfico para fins de prostituição forçada, entre outros.

Misoginia Antônimo

Um antônimo de misoginia é a filoginia. A filoginia trata-se do amor e carinho atribuído as mulheres, ocorre com pessoas que amam e auxiliam as mulheres e que lutam em prol dos direitos delas.

Misoginia Sinônimo

Um sinônimo de misoginia é a ginecofobia. A ginecofobia trata-se do medo, aversão ou ódio contra as mulheres.

Faça uma Pergunta ou Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.