O seu Dicionário Jurídico Online

Custo-Benefício

O custo-benefício, ou relação custo-benefício (RCB) é um indicador usado na análise de ganhos que se pode obter entre os custos e benefícios relativos de um projeto proposto, expressos em termos monetários ou qualitativos.

Aqui no dicionário direito já falamos sobre Empreendedor, PatrimônioGestão e Matéria Prima. Agora trataremos sobre o significado de custo-benefício, RCB, e um exemplo prático.

Conceito de Custo-Benefício CxB

conceito de custo-benefício ou CxB pode ser definido como a relação realizada entre um possível investimento a ser realizado contra o valor que será agregado em sua aquisição.

Essa relação é comumente utilizada na aquisição de produtos, serviços e em investimentos a serem realizados em infra-estrutura, imobilizado, ou em bens móveis. Contudo também é utilizada no dia-a-dia para definir se vale ou não a pena adquirir os mais variados produtos.

Relação Custo-Benefício (RCB)

Se um projeto tiver um relação custo-benefício (RCB) maior que 1, espera-se que o projeto entregue um valor presente líquido positivo a uma empresa e seus investidores.

Se o RCB de um projeto for menor que 1, os custos do projeto superam os benefícios e ele pode não ser uma boa ideia.

Este conceito é usado com mais frequência no orçamento de capital para analisar o valor total do dinheiro para a realização de um novo projeto.

No entanto, as análises de custo-benefício para grandes projetos podem ser difíceis de acertar, porque há muitas suposições e incertezas difíceis de serem quantificadas. É por isso que, geralmente, há uma ampla gama de resultados potenciais de RCB.

Como Funciona o RCB

O RCB é geralmente usado para determinar se um investimento (ou decisão) é sólido, averiguando em quanto seus benefícios superam seus custos, e para fornecer uma base para comparar investimentos (ou decisões), comparando o custo total esperado de cada opção com o total de benefícios esperados.

Custo Benefício, Custo-benefício, custo—benefício ou custo/benefício?

Há quem tenha dúvidas sobre a grafia correta:Custo Benefício ou Custo-benefício e também entre custo—benefício ou custo/benefício. Contudo, a maneira correta de se escrever é Custo-Benefício.

Vale ressaltar que na língua portuguesa o travessão e a barra não são utilizados na formação de palavras compostas, sendo utilizado neste caso o hífen.

Custo-Benefício Exemplo

A seguir, veremos um exemplo de custo-benefício:

Suponha que uma certa empresa deseje avaliar a lucratividade de um projeto que envolve a renovação de um prédio de apartamentos que ela possui, no próximo ano.

A empresa decide alugar o equipamento necessário para o projeto por R$ 50.000 em vez de comprá-lo. A taxa de inflação é de 2% e espera-se que as reformas aumentem o lucro anual da empresa em R$ 100.000 nos próximos três anos.

Neste caso, o Valor Presente Líquido (VPL) dos benefícios projetados é de R$ 288.388. O VLP é o cálculo de quanto os futuros pagamentos somados ao custo inicial estariam valendo hoje em dia. Consequentemente, a Relação Custo-Benefício (RCB) é 5,77, ou seja, R$ 288.388 dividido por R$ 50.000.

Neste exemplo, nossa empresa possui um RCB de 5,77, o que indica que os benefícios do projeto superam significativamente seus custos. Além disso, a empresa X poderia esperar R$ 5,77 em benefícios para cada R$ 1 de custos.

Faça uma Pergunta ou Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.