O seu Dicionário Jurídico Online

Como Cursar Direito no Exterior

O sistema jurídico varia muito de um país para o outro, isso porque as leis são moldadas de acordo com os usos, costumes e necessidades percebidas por cada povo. Assim, muitos se questionam se realmente valeria a pena cursar Direito fora do Brasil e deixar de ter contato com o ordenamento jurídico nacional.

Continue a leitura deste artigo e descubra como é possível cursar Direito no exterior.

Nesse momento, cada estudante deverá ter em mente suas aspirações profissionais, haja vista que estudar Direito no exterior poderá ser uma ótima oportunidade para aqueles que desejam se aprofundar em Direito Internacional e Direito Público.

Vale dizer ainda que também há a possibilidade de cursar Direito no Brasil e aprofundar seus estudos no exterior, a partir de mestrados, doutorados ou especializações. Isso porque não é em todos os países que o Direito existe como uma graduação.

Estados Unidos

Esse é o caso dos Estados Unidos, em não há uma graduação de Direito propriamente dita, sendo essa, na verdade, uma especialização, já que o curso de Direito seria uma pós-graduação que possui 3 anos de duração.

Reino Unido

Já no Reino Unido, por exemplo, com a graduação de Direito, o estudante se tornará um solicitor e, posteriormente, se desejar, poderá realizar uma especialização.

Mais semelhantes ao Brasil são os cursos de Direito ministrados em países como Portugal e França, que possuem uma graduação completa.

É importante destacar que, optando por seguir carreira jurídica no Brasil ou em qualquer outro país, ainda assim será necessário passar em temidos exames como o da Ordem dos Advogados do Brasil, que embora possuam outra nomenclatura quando no exterior, possuirão o mesmo objetivo.

Outra dica é que os mestrados no exterior não possuem uma defesa, de modo que nem sempre serão aceitos como mestrados quando apresentados em território brasileiro.

Faça uma Pergunta ou Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.